MENU

Igrejas cedem bancos para sem-teto dormirem

“Para os sem-teto, a mensagem é que eles não são invisíveis”, afirma diretora do projeto


Igreja Católica de São Bonifácio
Igreja Católica de São Bonifácio. (Foto: The Guardian)

San Francisco, na Califórnia, ocupa a primeira posição nos índices de população de rua nos Estados Unidos. Embora não seja das cidades mais populosas do país, os mais de 7000 sem-teto são um desafio para os serviços sociais oferecidos pela prefeitura.

Felizmente, a Igreja de Saint Boniface há anos cede seus bancos para que essas pessoas possam dormir a noite. A iniciativa é parte do Projeto Gubbio, que começou em 2004. Além de um local de repouso para cerca de 250 pessoas todos os dias, de chuveiros, mudas de roupa, cobertores, cortes de cabelo e eventualmente refeições quentes, os voluntários também prestam apoio psicológico e espiritual.

Leia mais

A associação filantrópica mantida pela diocese também oferece o mesmo tipo de serviço na igreja São João Evangelista, no mesmo bairro. Ao longo dos anos, o trabalho tornou-se uma referência na região.

“O aspecto do ministério que eu mais gosto é ver que isso acontece enquanto a igreja está aberta e as missas estão sendo celebradas. Nossa paróquia está dividindo o templo e convidando os sem-teto para compartilharem este espaço conosco”, disse Laura Slattery, diretora executiva do Projeto Gubbio.

Ela lembra que durante a missa da manhã, por vezes ainda há centenas de pessoas dormindo em dois terços dos bancos. “Isso envia uma mensagem poderosa às pessoas que estão participando da missa de que sua comunidade inclui aqueles que são marginalizados, muitos são doentes mentais, e pobres. Para os sem-teto, a mensagem é que eles não são invisíveis”, acrescentou Slattery. Com informações The Guardian

Assista um vídeo sobre o projeto!



Assuntos: ,


Deixe sua opinião!

Mais notícias