Incêndio destrói Sociedade Bíblica, mas 50 mil Bíblias permanecem intactas

Depósito não foi atingido após fogo consumir três prédios no mesmo quarteirão


Incêndio destrói Sociedade Bíblica, mas Bíblias permanecem intactas

Descrito como “milagre”, todas as Bíblias estocadas na Sociedade Bíblica da Zâmbia não foram afetas pelo incêndio que destruiu o prédio, na capital Lusaka. O fogo durou mais de 24 horas  apesar dos esforços dos bombeiros e de soldados das forças armadas.

Embora as chamas tenham atingido três prédios vizinhos, o depósito onde ficavam 50 mil  exemplares das Escrituras prontos para a distribuição permaneceu intacto.

O presidente da Sociedade Bíblica da Zâmbia, Edwin Zulu, disse que eles testemunharam “um milagre”, uma vez a sede da organização ficou reduzida a cinzas, mas o depósito adjacente apenas foi atingido pela fumaça. A origem do fogo foi a loja de automóveis que ficava na parte de baixo do prédio.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Emocionado, Zulu afirmou à imprensa: “Quero informar que as Bíblias não foram queimadas… apenas uma pequena parte do telhado do depósito onde ficam as Bíblias acabou caindo. A maior parte dos documentos, a maior parte do escritório principal também estão intactos, mas o edifício como um todo agora tem grandes rachaduras e precisará ser demolido. É realmente um milagre de Deus que o fogo apenas passou por nós após destruir a revenda de automóveis embaixo”.

O presidente da instituição ressalta que ninguém ficou ferido e que o acidente como um todo  para eles é um sinal e um encorajamento para que continuem seu trabalho, que é uma “genuína obra de Deus”. Assegurou ainda que o estoque tem Bíblias o suficiente para serem distribuídas até reconstruírem o espaço.

Ele acredita que dentro de duas semanas a perícia terminará seu trabalho e eles então poderão começar o planejamento da nova sede. Por enquanto, a Sociedade Bíblica usará um prédio cedido pela Universidade Justo Mwale em Chamba Valley.

A ministra de Assuntos Religiosos Godfridah Sumaili, que visitou o prédio danificado logo após o fim do incêndio visitou o depósito onde as Bíblias ficaram e reconheceu ser um milagre que os livros não foram atingidos. “O governo está muito tocado por isso.  Nós, como zambianos, fomos afetados pelo fogo, mas, novamente, vimos a mão de Deus se mostrando forte “, disse ela ao jornal Zâmbia 24 Horas.

Assista:




Deixe seu comentário!