Rede Globo irá matar personagens gays em novela para alertar o Brasil contra a homofobia

A morte dos personagens também reflete um protesto contra a censura da novela


Globo irá matar gays em novela para alertar o Brasil contra a homofobia

Depois de causar polêmica e enfrentar a censura a ponto de ter que cortar as cenas mais íntimas entre Eduardo (Rodrigo Andrade) e Hugo (Marcos Damigo) que vivem um casal gay na novela Insensato Coração da Rede Globo, os atores Ricardo Linhares e Gilberto Braga resolveram matar os dois personagens nos últimos capítulos da trama.

O assassinato do casal foi planejado pelos autores por dois motivos: o primeiro seria um protesto contra a censura e o corte das cenas, feito, de acordo com eles, “por causa do preconceito”.



O segundo motivo é para alertar ao Brasil sobre a necessidade de se ter uma lei que agrave a pena de quem comete um crime contra homossexuais. Linhares e Braga vão falar sobre a importância da Lei contra a homofobia e mostrar que a legislação brasileira está atrasada em relação a esse tema.

Antes de assassiná-los o vilão Vinícius (Thiago Martins) vai falar: “Veado bom é veado morto”.

Com informações Yahoo



 




Deixe seu comentário!