MENU

Jovem é atingida por bala perdida enquanto orava, mas sobrevive

Segundo policiais, se ela não estivesse ajoelhada o tiro poderia ser fatal


Reprodução ABC-13

Kimberly Mendoza, 17 anos, estava orando em sua casa, no Texas (EUA),  quando foi atingida por uma bala perdida que atravessou a parede de seu quarto.

Era noite e tudo estava escuro. A jovem conta que suas mãos estavam erguidas e ela sentiu uma dor aguda no braço direito. Confusa e sem entender exatamente o que tinha acontecido, pediu ajuda aos seus pais, que imediatamente ligaram a emergência.

De acordo com os policiais que atenderam o caso, se Kimberly não estivesse de joelhos no momento em que a bala entrou, a situação poderia ter sido pior, pois o projétil teria atingido seu peito. Ela teve apenas um ferimento no braço, pois a bala pegou de raspão.

Até agora ninguém foi preso, pois a polícia não conseguiu identificar o autor do disparo.

Jovem mostra a posição que estava quando a bala atingiu seu quarto

“Deus não é culpado”

A jovem diz que quando olha para o buraco de bala na parede do seu quarto, sente apenas gratidão. “Sei que Deus está cuidando de mim”, disse em entrevista à TV local.

Algumas pessoas a questionaram como Deus poderia permitir que tal coisa acontecesse com uma pessoa de fé.  Kimberly, no entanto, pensa diferente. “Deus não é culpado pelo tiro que atingiu meu braço. Ele cuida de mim e sei que me escolheu para algo grande”.

“Eu conheço minha fé, todos podem rir de mim. Todos podem dizer: você é cristã, você é esquisita. Mas me sinto bem porque Deus está agindo em meu favor. Eu amo a Deus e sei que, se eu morrer, ficarei bem pois vou para o céu com ele”, concluiu.

 

 




Deixe sua opinião!