MENU

Ator de “Animais Fantásticos” defende necessidade de “ícone infantil gay”

Filme da franquia Harry Potter adapta declarações de J. K. Rowling sobre sexualidade


Alvo Dumbledore e Grindelwald
Alvo Dumbledore e Grindelwald. (Foto: Reprodução / Youtube)

David Yates, diretor de “Animais Fantásticos 2: Os Crimes de Grindelwald” declarou que dois personagens do filme são gays e estão apaixonados, embora não falem abertamente sobre isso na tela. Parte da franquia de sucesso “Harry Potter”, baseados nos livros de J.K. Rowling Rowling, o longa está em cartaz no Brasil, com sucesso de público.

Em entrevista à revista Empire, Yates lembrou de uma entrevista de Rowling de 2007, onde ela explica que o personagem Alvo Dumbledore é gay, apesar de não haver indícios disso em nenhum dos sete romances. A autora também disse que ele se apaixonou pelo bruxo Grindelwald quando adolescente. Dumbledore aparece nos filmes de Harry Potter como o diretor da escola de bruxaria Hogwarts.

Leia mais

Segundo Yates, o romance homossexual não é explícito, mas “algumas cenas que filmamos são momentos muito sensuais dele e do jovem Grindelwald, vivido por Johnny Depp”. Como trata-se da segunda parte de uma saga que terá cinco filmes, existe a possibilidade de esse relacionamento ser explorado com detalhes nas próximas produções.

Em entrevista ao O Globo, o ator Jude Law, que vive Alvo Dumbledore jovem, disse que “este filme não é sobre a homossexualidade dele, nem a sexualidade o define. Mas esse relacionamento certamente foi um elemento importante de sua personalidade”.

Questionado sobre o impacto dos filmes sobre seu público-alvo, o infantil, ele defende que “O mundo está pronto para um ícone infantil gay. Se não estiver, com certeza deveria estar”.



Assuntos: , , ,


Deixe sua opinião!