Julio Severo denuncia prisão de Enoque Lima envolvido em polêmicas com Bispo Manoel Ferreira

Após denúncia de muitos blogueiros cristãos, sobre a ligação do Bispo Manoel Ferreira líder da Assembleia de Deus Ministério Madureira...


Após denúncia de muitos blogueiros cristãos, sobre a ligação do Bispo Manoel Ferreira líder da Assembleia de Deus Ministério Madureira com o Rev. Moon líder da Igreja da Unificação, Júlio Severo comunica em seu blog sobre telefonema que recebeu da esposa do Pr. Enoque Lima informando a prisão do mesmo. Segundo informações da esposa de Enoque, o motivo da prisão tem relação com Manoel Ferreira. Enoque Lima é pastor da AD Madureira e produzia vídeos sobre Manoel Ferreira e Reverendo Moon.

Confira na íntegra a denúncia de Julio Severo;

“Dilma Rousseff mal ganhou a eleição e seus aliados se sentem tão fortalecidos que agora estão dispostos a destruir toda a oposição. O Pr. Enoque Lima, que é pastor dentro da denominação da Asssembleia de Deus onde o Bispo Manoel Ferreira é presidente, acaba de ser preso, conforme comunicado que recebi agora a pouco da esposa dele.

Ela estava no serviço agora à tarde quando recebeu telefonema da prisão do marido. Ela não sabe detalhes, mas afirma saber que a prisão tem relação com Manoel Ferreira.
Conforme meu blog vem denunciando durante mais de dois anos, Ferreira tem tido ligações com o Rev. Moon, da seita Igreja da Unificação. Nessas denúncias, meu blog sempre usou vídeos preparados pelo Pr. Lima.

Peço oração pela segurança e livramento do pastor que ousou denunciar o escândalo da figura maior da denominação dele.
Quem estiver em Goiás e puder ajudar juridicamente, favor entrar em contato comigo.”

Vídeo produzido por Enoque Lima:

[Atualizado]

O Pastor Enoque foi liberado da prisão após ter sido constatado que o motivo da sua prisão na sexta-feira era ilegal e sem justa causa. A penalidade imputada ao fato era afiançável e da alçada do Juizado de Pequenas Causas Criminais.
No sábado ele já estava na casa de um amigo buscando refúgio em oração.
Segundo informações da localidade, a prisão foi motivada por uma representação policial de autoria do Bispo Manoel Ferreira, alegando entre outras coisas: uso de “imagem indevida de terceiros”, afirmações caluniosas, injuriosas, difamatórias, sobre o caso conhecido como Reverendo Moon e Bispo Ferreira.

Texto do Blog de Julio Severo




Deixe seu comentário!