Questionado, Crivella diz que seria demagogia participar do Carnaval

Foi a primeira vez em que o prefeito não participou da abertura do Carnaval


Crivella diz que seria demagogia participar do Carnaval

O prefeito Marcelo Crivella (PRB) afirmou nessa quarta-feira, 1, através de nota enviada a imprensa, que seria “demagogia” se comparecesse na Marquês de Sapucaí para os desfiles das escolas de samba do Rio. A ausência do prefeito evangélico na celebração do Carnaval tem repercutido nos meios de comunicação.

Pressionado a justificar o não comparecimento ao evento, irritado, declarou no texto que esse tipo de comportamento político “atinge os bons que se deixam enganar”, “envolve os desinformados” e “acaba dominando os próprios demagogos”.

“A demagogia é a máscara da democracia. E o povo do Rio rejeita um prefeito com máscara ainda que seja no carnaval”, explicou, no texto.


  Programa que ensina a Bíblia vira febre na Internet


Em comemoração pelo aniversário da cidade no Monumento a Estácio de Sá, interrogado qual a razão da ausência, Crivella defendeu-se alegando que ninguém deve ser “obrigado a fazer nada”.

Em 33 anos de sambódromo, foi a primeira vez em que o prefeito não participou da abertura do carnaval, que é o evento turístico de maior destaque no calendário carioca.

Eleito com apoio da igreja

A posse do novo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB) foi marcada pelo reconhecimento a Deus e aos evangélicos que foram decisivos para sua eleição. Bispo licenciado da Igreja Universal, o ex-senador deixou isso claro no seu discurso: “Agradeço a Deus por esse momento. Nenhum de nós o recebe como mérito pessoal, mas como graça. Agradeço muito pela bondade infinita e pelo amor inexplicável que Deus tem por cada um de nós”.

Em seguida, também agradeceu aos “90% dos evangélicos do Rio de Janeiro” que votaram nele no segundo turno. Segundo o político, isso “nunca tinha acontecido”. “Tenho que agradecer ao povo da Igreja Universal, ao povo da Igreja Batista, que votaram em nós”, lembrou, passando a citar outras denominações. Havia vários pastores presentes na cerimônia, incluindo Silas Malafaia, que se tornou um de seus maiores aliados nos últimos meses.




Deixe seu comentário!

Os comentários estão desativados.