MENU

Meirelles diz que Marina Silva está perdendo apoio entre evangélicos

Pré-candidato do MDB esteve em outro evento da Assembleia de Deus


Henrique Meirelles
Henrique Meirelles, ex-ministro da Fazenda e pré-candidato à presidente.

Com apenas 1% nas pesquisas, Henrique Meirelles, pré-candidato do MDB à presidência, voltou a buscar apoio dos evangélicos. Nesta terça-feira (31), participou de evento “Assembleia de Deus: 107 anos trabalhando e orando por um Brasil melhor”, no Hotel Nacional, em Brasília.

A cerimônia religiosa visava mostrar a política como um importante instrumento para resolver os problemas do país. Logo na abertura, o pastor Eliazar Ceccon, presidente do Conselho Político da Convenção Geral da Assembleia de Deus, afirmou: “Aprendemos que política é coisa do diabo. E a gente abriu mão, dando ao diabo o direito de exercer a política do jeito que ele quisesse. Mas o ausente nunca tem razão. Se não participarmos, não poderemos cobrar”.

Leia mais

Nos últimos meses, Meirelles, ex-ministro da Fazenda de Michel Temer, vem buscando uma identificação com os evangélicos, que são cerca de 1/3 do eleitorado brasileiro.

Antes de participar do evento das Assembleias de Deus, o político provocou Marina Silva, que é missionária da denominação, mas evita ser vista como “candidata evangélica”.

O ex-ministro disse que “divergências naturais” fizeram com que a ex-senadora pelo Acre perdesse força entre os evangélicos. “Ela era forte, não é mais, mas não me preocupei em ficar discutindo a Marina”.

Quando recebeu o microfone para um breve discurso, Meirelles fez um balanço sobre a situação da economia no país, procurando destacar seu papel como o líder do processo de recuperação desde que Temer assumiu.

Argumentou que sua biografia é confiável e sua experiência como ministro da Fazenda e presidente do Banco Central (durante os governos de Lula) fazem dele a melhor opção para outubro. “Quando conhecem minha história, as pessoas tendem a me escolher”, garantiu. Com informações Folha de SP



Assuntos: , ,


Deixe seu comentário!


Mais notícias