Melhor boxeador do mundo pode se aposentar “porque Deus não quer que ele machuque as pessoas”

A declaração de Manny Pacquiao foi dada por seu treinador em entrevista ao canal ESPN


Manny Pacquiao pode se aposentar "porque Deus não quer que ele machuque as pessoas"

Mesmo sendo o melhor boxeador do mundo Emmanuel Dapidran Pacquiao pretende abandonar o esporte devido a sua fé. O filipino é cristão, mas pediu para que seu treinador, Freddie Roach, dissesse em entrevista para a ESPN que “Deus não quer que ele machuque outras pessoas”.

De acordo com as afirmações de Roach o filipino não se sente bem golpeando seus oponentes. Ele venceu as últimas 15 lutas, mesmo tendo desmaiado em um dos treinos por estar passando por diversos problemas que o distraíram.



O treinador disse que Manny sempre foi uma pessoa compassiva e que agora passou a dizer que não quer mais lutar para não machucar as pessoas. Ele tem seis títulos mundiais e foi o primeiro lutador de boxe a vencer um campeonato em quatro categorias de pesos diferentes.

Ele é o campeão mundial da WBO e mesmo com tanto sucesso está disposto a largar a carreira para não desagradar a Deus. Pacquiao é admirador de outro asiático, Jeremy Lin, que é jogador do time de basquete New York Knicks que também é cristão.

Lin disse que aprendeu a jogar para a glória de Deus ao ser incentivado por seus pais. “Eu comecei a aprender o que significa jogar para a glória de Deus. Meus pais tinham falado muitas vezes sobre isso e me disse que eu deveria jogar para a glória de Deus. Eu comecei a aprender a confiar nele, e não se concentrar tanto sobre se eu ganhar ou perder, mas tenho fé que Deus tem um plano perfeito”, diz Lin.



Eles devem se encontrar nos próximos dias quando o  boxeador participará de um evento promovido pela Nike. Manny além de ter um papel importante no esporte também atua na política, sendo um dos representantes do Congresso das Filipinas, eleito em maio de 2010.

Com informações Wikipedia e Notícia Cristiana




Deixe seu comentário!