Minissérie Rei Davi continua garantindo primeiro lugar na audiência

Investimento de R$ 25 milhões da Record dá resultado e anima emissora


Minissérie Rei Davi continua garantindo primeiro lugar na audiência

Desde que começou a ser exibida, a minissérie “Rei Davi” tem garantido o primeiro lugar da Record nas noites de terça e quinta. Em São Paulo, há uma diferença de até dois pontos em relação à Globo.

A superprodução da emissora custou cerca de R$ 25 milhões. Trata-se de mais um projeto ambicioso, no filão que a Record vem explorando desde 2010, quando começou a produzir séries bíblicas. A primeira foi “A História de Ester”. Em 2011 veio “Sansão e Dalila” e este ano “Rei Davi”.

As séries com temas bíblicos da Record são produções milionárias, têm locações outros países fé exigem uma pesquisa rigorosa de época. Seus elencos numerosos são formados, em grande parte, por atores que se consagraram na Globo.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


“A Record ainda é uma emissora em fase de aprendizagem. Ela está crescendo e ‘Rei Davi’ representa um salto de qualidade e referência na história da dramaturgia da emissora”, avalia o ator Leonardo Brício, 48, que interpreta Davi em suas três fases, da juventude aos 70 anos.

Os números da série escrita por Vivian de Oliveira e dirigida por Edson Spinello impressionam. Com um custo total de R$ 25 milhões na produção, cada um dos seus 29 capítulos custou em média R$ 862 mil.

O cenógrafo Daniel Clabunde explica que o maior desafio foi construir uma cidade cenográfica de 5 mil m² em três meses. Buscando dar a maior veracidade possível, os principais materiais utilizados foram areia, terra, pedras, fibra de vidro e madeira. “Essa é a nossa reconstituição de uma cidade que existiu há 3 mil anos. Todo o trabalho foi manual, rústico para resultar no que eu considero uma obra-prima em termos de cenário para a televisão”, explica Clabunde.

A cidade cenográfica foi montada em Vargem Grande, no Rio de Janeiro, onde trabalharam 300 pessoas, além dos 42 atores. As gravações duraram 9 meses, mas antes foram necessários 2 meses só para o treinamento do elenco. A minissérie contou ainda com filmagens feitas no Canadá e no Chile.

A diretora de arte, Maruja Girelli, tem 22 anos de experiência em produção e direção de arte em televisão e cinema. Ela diz que nunca tinha feito nada com tantas cenas de batalhas e armamentos. “Só para produzir o fogo durante as lutas foram utilizados 8 caminhões de lenha, 250 espadas de borracha, 800 espadas de ferro e 700 escudos de fibra de vidro”, explica.

Mais de 200 quilos de incenso foram usados para dar o efeito de fumaça na fotografia da série. “Foi uma decisão acertada. No vídeo, as imagens ficam ainda mais bonitas. Os atores é que sofreram um pouco nas cenas gravadas em estúdio”, explica o diretor Spinello.

“Rei Davi” segue a história bíblica de um pastor de ovelhas, que vivia em Belém, no ano 1035 antes de Cristo e chega a ser rei de Israel. A minissérie mostra a vida de Davi dos 17 aos 79 anos, mostrando o protagonista como pastor, soldado, músico particular do rei Saul, até ele assumir o trono. Há ainda os diversos dramas familiares, que incluem a paixão por Bate-Seba, uma mulher casada, traição de um de seus filhos e muitas mortes.

A Rede Record já anunciou que continuará produzindo séries com temas bíblicos e prepara uma sobre a vida de José que deve estrear no início de 2013.

Com informações IG




Deixe seu comentário!