Ministro do Trabalho é pastor da Assembleia de Deus

Ronaldo Nogueira é formado em administração de empresas e faz parte da Frente Parlamentar Evangélica


Ministro do Trabalho é pastor da Assembleia de Deus

Entre as nomeações do novo governo estão antigos aliados de Michel Temer (PMDB). Também há indicações partidárias. Quando o PRB apresentou o nome de Marcos Pereira para a pasta da Ciência e Tecnologia, a mídia apressou-se em criticar a decisão, alegando que o fato de ele ser um bispo da Universal o tornaria “incompatível”.



Menos tumultuado foi o fato do pastor Ronaldo Nogueira assumir o Ministério do Trabalho. Deputado federal eleito por dois mandatos consecutivos, ele é do PTB do Rio Grande do Sul, sendo a indicação do partido, hoje na base do governo. Ligado à Assembleia de Deus, ele é membro da Frente Parlamentar Evangélica.

O parlamentar de 50 anos é também graduado em Administração de Empresas pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) de Porto Alegre, além de possuir especialização em Gestão Pública pela Faculdade de Economia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).


  Programa que ensina a Bíblia vira febre na Internet


Com ampla experiência administrativa, ele foi vereador em sua cidade por quatro mandatos. Também foi secretário de Habitação e Assistência Social e de Obras e Serviços Urbanos do Rio Grande do Sul, ocupando ainda os cargos de diretor do Departamento de Transportes e posteriormente de diretor-presidente da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS).



Como deputado federal, presidiu a Comissão Especial que trata dos projetos que mudm a Lei Geral de Telecomunicações e propôs a criação do Programa Nacional de Renovação de Frota de Veículos Automotores, que cria incentivos para a substituição de automóveis com mais de 15 anos.




Deixe seu comentário!