MENU

Missionária diz que Deus a usou para salvar vidas nas redes sociais

Heather Lindsey impediu que jovem fizesse um aborto


Heather Lindsey
Heather Lindsey. (Foto: Reprodução / Youtube)

O campo missionário de Heather Lindsey, moradora de Atlanta (USA) nos últimos 15 anos tem sido majoritariamente as redes sociais. Ela é esposa de pastor e desenvolveu um ministério virtual, que conta com mais de 500 mil seguidores no Facebook e cerca de 300 mil no Instagram, ela costuma falar sobre a fé cristã, além de compartilhar frases motivacionais e versículos.

Batizado de Pink Promisse [Promessa cor-de-rosa], ela explica que pretendia criar um movimento para encorajar mulheres a honrar a Deus com suas vidas e seus corpos.

Leia mais

Recentemente, disse ter recebido uma orientação de Deus para fazer o que nunca tinha feito antes. Lindsey afirma ter recebido uma “palavra de conhecimento”, que ajudou a salvar a vida de uma criança prestes a ser abortada.

“Eu estava voltando para casa após fazer compras no supermercado e senti o Espírito Santo me dizendo que uma das minhas seguidoras nas redes sociais havia marcado uma consulta para marcar a data do aborto. [o Senhor] me mandou encorajá-la e dizer que Deus tem um plano para seu bebê e que ela não deveria abortar”, contou Lindsey à CBN News.

Chegando em casa, ela gravou três vídeos. “Eu comecei a orar e convoquei outras pessoas a se unirem a mim, dizendo ‘Se não é você, ore por esta jovem, para que ela me procure, seja ousada e me diga quem ela é’”, continuou.

Cerca de uma hora depois, uma mulher a procurou pela rede social, dizendo que estava sem saber o que fazer depois de descobrir que estava grávida de um amigo da igreja.

“Ela ficou celibatária por um longo tempo e decidiu fazer uma consulta para marcar o aborto”, explicou Lindsay. “Mas aí o pai da criança havia dito que assumiria. De repente, ele começou a ignorá-la e rejeitá-la. Então ela marcou a consulta para o dia 21 de abril.”

Ao saber o que estava acontecendo, Lindsey ofereceu apoio e orou com a mulher. “Eu enviei um e-mail com vários versículos. Disse que Deus tem um plano e tinha colocado isso muito forte em meu coração…. Essa mulher já estava tentando tomar essa decisão fazia um tempo…. mas sentia o Espírito Santo dizer: ‘Eu vou te mostrar o que fazer’. Até que ela entrou no Instagram e viu minha mensagem”, explica a missionária.

A decisão da seguidora em não fazer o aborto comoveu Linsey, que está grávida do terceiro filho. “Veja só! O Senhor usou uma rede social para salvar a vida de um bebê. Agora essa criança terá vida”, comemora. Ela está promovendo um chá de fralda e pedindo que as pessoas façam doações para ajudar a sua nova amiga.

Rede social como ministério

Apesar de ver muitas postagens negativas na mídia social, Lindsey sente-se encorajada a ver Deus usar essa plataforma para coisas boas. Conta que seu desejo é continuar salvando vidas,

“Às vezes pensamos que redes sociais são apenas para selfies e coisas assim. Mas o Senhor me disse lá em 2004 que a mídia social seria um lugar onde as pessoas descrentes ou sem igreja se encontrariam. Ele me disse para sempre compartilhar a Palavra”, revela a missionária.

“Muitas vezes eu falava sobre Jesus e quase ninguém curtia meus comentários e postagens, mas eu sabia que estava plantando sementes, por isso continuei falando sobre Cristo. Meu desejo é que as pessoas O conheçam. Elas podem não ir à igreja, mas vão usar o Instagram e saberão”, encerrou.




Deixe seu comentário!


Mais notícias