Missionários ajudam refugiados da Somália e da Etiópia

Secas, guerras e perseguições fazem com que milhares de pessoas deixem esses países rumo ao norte de Moçambique


Missionários ajudam refugiados da Somália e da Etiópia

Diante das secas, guerras e perseguições milhares de somalis e etíopes têm deixado seus países rumo ao norte de Moçambique em busca de refugio. Para atender essas pessoas a missão Food for the Hungry (FFH), Alimento para os Famintos (livre tradução) tem intensificado a ajuda humanitária, principalmente entre os cristãos.

A FFH trabalha em conjunto com o governo do país e com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Juntos, eles estão construindo um campo de refugiados na cidade costeira de Palma através da criação de uma estação de cozinha e limpeza da terra.



Esse novo campo de refugiados tende a não aumentar ainda mais o número de acampados no campo localizado em Nampula que já detém o dobro da capacidade permitida. Passou de 5,5 mil refugiados em 2010 para mais de 10 mil hoje.

O grupo Alimento para os Famintos  para acabar com fome física e espiritual em algumas das áreas mais empobrecidas e crítica do mundo. Esta ajuda humanitária com o evangelismo incentiva refugiados cristãos que deixaram tudo que tinham. E isso abre portas para ministrar o Evangelho aos feridos e perdidos. “Aqui é onde a comunidade cristã pode intensificar e juntar-se a missão”, relato um membro da Food for the Hungry.

Com informações CPAD News




Deixe seu comentário!