Milhares de muçulmanos estão trocando Maomé por Jesus em Bangladesh

Líderes acreditam que avivamento irá mudar a história do país


Muçulmanos estão trocando Maomé por Jesus em Bangladesh

 

O cristianismo está crescendo rapidamente em Bangladesh, país que se tornou independente da Índia na década de 1940 por que tinha maioria muçulmana. Contudo, desde o início do século 21 a nação tem experimentado um grande crescimento no número de cristãos, que hoje são cerca de 1% da população.

“Nos últimos 12 meses, mais de 20.000 muçulmanos se converteram a Cristo e isso está se tornando um problema real para os líderes islâmicos”, disse um ex-muçulmano a Christian Freedom International. Ele acrescenta que a maioria desses novos convertidos enfrentam imensa perseguição por terem deixado o Islã.

O pastor Rafiqul Islam é uma das milhares de pessoas que abandonaram sua fé em Maomé após conheceram o verdadeiro enviado de Deus, Jesus. Ele perdeu sua família e seus negócios logo após a conversão, e foi espancado brutalmente na rua pelos líderes da mesquita que frequentou quase toda a vida.

Apesar da perseguição, ele assegura que não vai parar de testemunhar a todos que conhece sobre “a vida eterna em Jesus Cristo”.

Mesmo os cristãos sendo a minoria da população em Bangladesh, um avivamento está se espalhando rapidamente. Rafiqul diz que viu centenas de conversões com seus próprios olhos, algo impensável alguns anos atrás.

“Muitos muçulmanos estão se convertendo, principalmente nas áreas rurais”, explica. “Mais pessoas estão se convertendo todos os dias. Apesar da perseguição intensa, estamos pregando as Boas Novas”.

Há centenas de jovens ex-muçulmanos que correm grandes riscos tornando-se pregadores de rua e enfrentam violência diária nas mãos dos radicais islâmicos.

“Os jovens como eu, estão se convertendo”, disse Babul, que se converteu na adolescência.

“Há muitos mais que estão interessados, especialmente os jovens. Mesmo se interessando por Cristo, ainda não admitem isso por que sabem o alto custo da conversão. Eles terão de deixar tudo por causa do nome de Jesus”.

Os cristãos de Bangladesh, que tem a quarta maior população muçulmana do mundo, estão orando para que um dia ela torne uma nação cristã. Eles acreditam que isso mudará a história do país.

“A próxima geração está se tornando cristã. Acreditamos que Bangladesh se tornará uma nação cristã um dia, o Islã não tem misericórdia, não tem compaixão, não tem amor, não tem nada a oferecer, mas o cristianismo oferece a segurança da vida eterna”, afirmou um líder cristão.

Enquanto isso, missionários, pastores e evangelistas estão trabalhando duro para inundar o país com o evangelho e dizem que não vão parar até que toda a sua nação siga a Jesus. Com informações CBN




Deixe seu comentário!