Boicote falhou: “O Canto da Sereia” estreia em primeiro lugar na audiência

A trama foi criticada por evangélicos já que a personagem principal será bissexual


"O Canto da Sereia" estreia em primeiro lugar na audiência

Estreou nesta terça-feira (8) a microssérie “O Canto da Sereia” pela Rede Globo. Antes mesmo de começar a ser exibida nas noites da emissora carioca, a trama recebeu críticas por parte de evangélicos que ameaçavam boicotar o programa.

Mas os índices de audiência divulgados na quarta mostram que 43,3% dos televisores da Grande São Paulo estavam acompanhando a série, o que rendeu ótimos pontos no ibope, média de 21 com picos de 23 pontos.

A Globo mais uma vez ficou na liderança, o SBT teve 8 pontos e a Rede Record, 5. Cada ponto do ibope equivale a 60 mil domicílios.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Ao sugerir o boicote ao programa pelas redes sociais, o pastor Divino Aleixo Marinho, da Igreja Pentecostal Betel Palavra De Fogo, criticou dois pontos da microssérie: o bissexualismo da personagem principal, Sereia (Isis Valverde) e sua personificação de Iemanjá.

Assim que a campanha contra a trama tomou grandes proporções a escritora Glória Perez, que revisou o texto de “O Canto da Sereia” criticou os evangélicos que mais uma vez não estariam respeitando o direito de crença das outras pessoas.

“Fizeram a mesma coisa com #SalveJorge! Q medo desse modo talibã de ser!” postou no Twitter.




Deixe seu comentário!