O governo não é Deus, escreve Julio Severo

Em seu blog o ativista cristão mostra que devemos obedecer as leis que não violam as leis de Deus


O governo não é Deus, escreve Julio Severo

Falando sobre a submissão que os cristãos se sentem obrigados a prestar ao governo, Julio Severo escreve em seu blog explicando que o Governo não é Deus e que se temos o livre arbítrio de obedecer ou não ao Criador podemos também escolher entre seguir as regras do governo ou não.

Severo não incentiva a anarquia, muito pelo contrário, ele tenta mostrar do ponto de vista cristão como podemos nos comportar diante das autoridades governamentais. “Devemos ser submissos ao governo e suas leis que não violam as leis de Deus”, resume o blogueiro se baseando no capitulo 13 de Romanos.



A posição de Severo fica clara quando ele afirma que o governo não é Deus. “Diante de um governo que recusa ser submisso às leis de Deus e promove ativamente a iniquidade, o testemunho cristão ao governo condenando seus pecados deve ser fiel.

Os resultados dependem da resposta do governo e da sociedade. Ao entregador, cabe apenas fidelidade no seu testemunho ao governante e ao governo.”

Leia na íntegra aqui.




Deixe seu comentário!