8/09/2014 - 18:05

Papa Francisco estuda criação da “ONU das religiões”

Shimon Peres afirma que papa é o “único líder realmente respeitado por todos"


Papa Francisco estuda criação da “ONU das religiões” Shimon Peres propõe criação de ONU das religiões ao papa

O ex-presidente de Israel Shimon Peres, 91, visitou o papa Francisco na quinta-feira (04). O principal assunto foi a criação de uma espécie de “ONU das religiões”.

“Vendo que a ONU fez, acredito que deveríamos ter uma Organização das Religiões Unidas, uma ONU das religiões”, afirmou Peres, um dos ganhadores do Prêmio Nobel da Paz de 1994.

Sem especificar os detalhes, essa “ONU das religiões” seria liderada pelo Papa.  A justificativa é que o modelo atual das Nações Unidas acaba sendo impotente diante da atuação de grupos terroristas “que matam em nome de Deus”. O ex-presidente acredita que o secretário-geral da ONU, “não têm nem a força nem a eficácia de qualquer homilia do Papa, que reúne meio milhão de pessoas na praça de São Pedro”.

Chamada por ele de Organização das Religiões Unidas, poderia intervir em situações como a guerra criada pelo Estado Islâmico, que é essencialmente religiosa. Peres acredita que são casos pontuais, pois “a maioria das pessoas não são como eles, praticam sua religião sem matar ninguém, nem sequer pensam nisso.”

A proposta inclui ainda a formatação de uma “Carta das Religiões Unidas, que funcionaria como a Carta das Nações Unidas”, estabelecendo diretrizes “em nome de todos os credos”. Entre suas posições, estabeleceria que “cortar a cabeça das pessoas ou realizar assassinatos em massa não tem nada a ver com religião”. A justificativa do líder israelense é que a ONU não tem se mostrado eficaz contra grupos extremistas. “É um organismo político, mas não tem a convicção que as religiões geram”.

“No passado, a maior parte das guerras era motivada pelo espaço das nações…. Agora é uma guerra completamente nova se comparada com as do passado, tanto nas técnicas e sobretudo nas motivações. Hoje em dia há centenas, possivelmente milhares de grupos terroristas que matam em nome de Deus”, acredita.

Recentemente, cerca de 40 soldados da ONU foram sequestrados por grupos terroristas na região de Golã, entre a Síria e Israel. Nenhuma ação efetiva foi tomada, o que motivou a queixa de Peres.

Foi destacado ainda que Francisco tem se mostrado interessado nessa aproximação de cristãos, judeus e muçulmanos, pois no início do mês convidou o líder palestino Mahmoud Abbas, o próprio Shimon Peres e o Patriarca de Constantinopla para rezarem com ele no Vaticano. “Talvez [Francisco] seja o único líder realmente respeitado por todos”, finalizou.

O padre Federico Lombardi, diretor da Sala de Imprensa do Vaticano, esclareceu que o Papa Francisco não assumiu compromissos em levar adiante a proposta, mas que sempre incentivou as iniciativas de diálogo com as outras religiões, em busca de justiça e paz. Desde que tornou-se pontífice, Francisco tem reforçando sua postura ecumênica, tentando aproximar-se das outras correntes do Cristianismo como os ortodoxos e os evangélicos.  Com informações Cristiano Digital



Leia mais...

Como Pregar Sem Timidez em 4 Simples Passos

Como Pregar Sem Timidez em 4 Simples Passos

Papa pede que católicos e evangélicos vivam em

Papa pede que católicos e evangélicos vivam em "plena comunhão"

Dinheiro da ONU foi usado para patrocinar terrorismo

Dinheiro da ONU foi usado para patrocinar terrorismo

Não é justo associar o islã à violência, assegura papa

Não é justo associar o islã à violência, assegura papa


Comentários

Deixe um comentário

11 Comentários em "Papa Francisco estuda criação da “ONU das religiões”"

avatar

Ordenar por:   novos | antigos | mais votados
Rodolfo Peixoto
Rodolfo Peixoto
11 meses 2 dias atrás

Leia a Bíblia, o Anticristo exercerá esta função!!

Will Tuner
Will Tuner
1 ano 8 meses atrás

Com a ONU e agora a ONU-RELIGIÃO sendo concluida…
E se concluindo o PAPA entregará ao anti-cristo

tatiana
tatiana
2 meses 18 dias atrás

vamos ver o desenrolar dos fatos.uma hora é obama,depois papa francisco,depois vladimir putin,depois os iluminates,depois o ecumenismo,depois o povo judeu e assim se vai.vamos esperar para ver os próximos capítulos.

tatiana
tatiana
2 meses 18 dias atrás

é triste ver como a sociedade mundial está chegando.um bom terreno para o mau se disfarsar de bem e pregar a falsa paz no mundo.tem pessoas dentro de igrejas que nunca estudaram isso.vai cair como patinho,afinal de contas,quem não quer paz?para ter paz,a solução dos nossos problemas,é um prato cheio para o povão.

Rodolfo Peixoto
Rodolfo Peixoto
11 meses 2 dias atrás

Leia a Bíblia, o Anticristo exercerá esta função!

paula antonio
paula antonio
1 ano 10 meses atrás

oi

paula antonio
paula antonio
1 ano 10 meses atrás

A posição do papa Francisco é muito correta, acredito que uma instituição que tenha como propósito acabar com os conflitos e estabelecer paz entre as diferentes religiões, possa ser uma ação positiva sobre o mundo e a sociedade.

Atur
Atur
1 ano 10 meses atrás

aaaa

Atur
Atur
1 ano 10 meses atrás

Acredito que com o novo papa, esse projeto estagnado seja finalmente realisado.

Carlos L
Carlos L
1 ano 11 meses atrás

Vai começar o papo de fim dos tempos, em 3,2,1…

Georges Edward Alves
1 ano 11 meses atrás

Apocalipse cap. 13.

wpDiscuz