Padres respondem Agenor Duque: “palhaço gospel”

Vídeo com carta aberta viraliza e pároco manda recado a pastor: “Mamãe do céu ama você!”


Padres respondem Agenor Duque: "palhaço gospel"

Desde que começou a circular nas redes sociais o vídeo onde o apóstolo Agenor Duque zomba da imagem de Nossa Senhora Aparecida, comparando-a a uma garrafa de Coca-Cola, diversos líderes católicos decidiram sair em defesa da santa e contra argumentar.

O padre Gabriel Vila Verde, usou seu perfil no Facebook para fazer um ataque direto contra Agenor: “Um picareta, que alguns ainda teimam em chamar de “pastor”, comparou Nossa Senhora Aparecida a uma garrafa de Coca-Cola. Seu nome é Agenor Duque, um dos maiores palhaços que o mundo gospel já conheceu. Anda vestido de mendigo, mas guarda uma Ferrari na garagem, adquirida com o dinheiro dos tolos que o seguem”.

O líder católico disse ainda que “Duque foi vomitado pelo inferno há pouco tempo. Mais cedo ou mais tarde, o seu circo irá acabar, como tantos outros já acabaram” e comparou: “Lembra do pastor da Universal que chutou a imagem? Quem fala dele em nossos dias? Onde está sua fama? Foi parar no brejo”.

Já o padre Zezinho, bastante conhecido por sua trajetória como cantor, seguiu o mesmo tom: “O pastor Agenor Duque, que se veste de mendigo humilde, nos ofendeu e chamou-nos de ignorantes porque ousamos representar Maria negra em veste azul. Acho que ele não lembrou que ele também é uma imagem exótica, quando ele mesmo entra naquele palco vestido de mendigo para anunciar sua igreja”, postou ele em seu perfil. Também estimulou que um advogado católico possa processar o pastor por “desprezo à religião [católica] e aos símbolos da outra igreja”.

Contudo, a resposta que obteve mais repercussão, a ponto de viralizar nas redes, com mais de 800 mil visualizações, foi o vídeo do padre Fernando Henrique Guirado intitulado “Coca-cola a gente bebe e Nossa Senhora a gente ama e guarda no coração”.

O pároco divulgou uma “carta aberta” a Agenor Duque, a qual leu durante uma missa na Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos. Guirado deu um tom mais pastoral, optando por chamar Duque de “amado pastor”.

Ele disse que Maria só poderia ser comparada a um objeto: a Arca da Aliança. Usando ainda os conhecidos argumentos que católicos não adoram imagens, apenas as usam como lembrança de pessoas santas, o padre rebateu vários pontos do vídeo do líder da Igreja Plenitude do Trono de Deus.

Ao contrário dos outros padres, ele não ridicularizou os hábitos de Agenor, nem fez menção a sua riqueza. Preferiu dizer que “Ah pastor! Mesmo o senhor incitando o povo a jogar fora de casa a imagem de Nossa Senhora, tenho certeza que Maria jamais jogará para fora o senhor do coração dela, mesmo o senhor sendo um filho tão desajuizado e ingrato com a mamãe do céu! Mamãe do céu, pastor, ama você!”.

Terminou dizendo, sob aplausos dos fiéis presentes, que: “É na ignorância que se nasce as mais belas catequeses, que Maria continue intercedendo por ele [Duque]. Coca-Cola a gente bebe, se for gelada com muito prazer, mas a Virgem Maria, a Arca da Aliança a gente abraça e guarda no coração”.




Deixe seu comentário!