Para a esquerda, é sempre “temporada de caça” aos cristãos, alerta pastor

Robert Jeffress rebateu as críticas ao “fervor religioso” do vice-presidente Mike Pence


Robert Jeffress
Robert Jeffress

O pastor Robert Jeffress, que lidera Primeira Igreja Batista de Dallas, com mais de 10 mil membros foi entrevistado pelo programa “America’s Newsroom”, do canal Fox News na manhã desta quarta-feira (14). Ele comentou como a fé cristã do vice-presidente Mike Pence vem sendo atacada nos últimos dias.

Durante o programa “Big Brother Celebridades”, a ex-funcionária da Casa Branca, Omarosa Manigault-Newman, chamou Pence de “extremista” e sugeriu que ele tem problemas mentais por acreditar que “Jesus fala com ele”.

No dia seguinte, durante o programa “The View”, a comentarista Sunny Hostin expressou sua preocupação com o “fervor religioso” do político, dizendo que não queria o vice-presidente “falando em línguas”.

Em seguida, Joy Behar, que apresenta o programa disse que alguém “ouvir vozes” é sinal de uma “doença mental “. “Uma coisa é você falar com Jesus. Outra bem diferente é quando Jesus fala com você. Isso se chama doença mental, não? Ouvir vozes”, disparou.

Quando Jeffress foi perguntado sobre a grande polêmica que essas declarações geraram, ele deu declarações contundentes sobre a tendência da mídia em sempre tomar posições contra os cristãos.

Primeiramente, questionou o que teria acontecido se a comentarista tivesse ridicularizado a fé de um muçulmano devoto. “Ela seria despedida em uma fração de segundos. Para a esquerda, é sempre ‘temporada de caça aberta’ quando se trata de atacar cristãos conservadores” alfinetou. O líder religioso acredita que isso está mais do que provado.

Ressaltou que o discurso imposto pela mídia e personalidades de mídia liberais é sempre sobre “a importância da tolerância”. “Mas quando se trata de crenças com as quais eles discordam, eles não demonstram ser tolerantes”, lembrou.

Classificou de “desprezível” esse tipo de ataque e acredita que o resultado das eleições de 2016 foram uma reação a isso. Finalizou dizendo que Trump e Pence vêm fazendo uma ótima administração e que isso incomoda a “muitos da esquerda”.

O pastor arriscou uma previsão: “Se eles continuarem com esse tipo de ataques infundados, veremos o presidente Trump reeleito com uma grande vitória em 2020 e o vice-presidente Pence se tornar o presidente em 2024.”

 




Deixe seu comentário!