31/07/2014 - 16:03

Everaldo deve ser apoiado por todas as Assembleias de Deus

Após Manoel Ferreira e Silas Malafaia, poderá atrair José Wellington


Everaldo deve ser apoiado por todas as Assembleias de Deus Everaldo deve ser apoiado por todas as Assembleias de Deus

O candidato a presidente Pastor Everaldo (PSC) é ligado à Assembleia de Deus, maior denominação evangélica do Brasil com 12 milhões de membros segundo o CENSO 2010. No dia 4 de agosto ele deve receber oficialmente o apoio do pastor José Wellington Bezerra, líder da AD Ministério Belém (SP). Everaldo já garantiu o apoio do Bispo Manoel Ferreira, presidente da Assembleia de Deus de Madureira (RJ) e de Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Caso se confirme, seria a consolidação do apoio da Assembleia de Deus no Brasil ao candidato, que é pastor da denominação há mais de 30 anos. Em 2010, Marina Silva, que é evangelista da Assembleia de Deus, era candidata pelo PV. Na época, o pastor Joel Freire, filho de José Wellington afirmou que Marina precisaria de “outros atributos”, como ser “conhecida pela comunidade evangélica e provar que poderia ser presidente”. Agora vice na chapa do PSB, não há registros que ela procurou os líderes da igreja este ano.

O apoio de José Wellington, presidente da CGADB – Convenção Geral das ADs no Brasil, ainda é cobiçado por outros presidenciáveis. Aliado do PSDB em outras eleições, no início do mês José Wellington foi procurado por Aécio Neves. Na semana passada, recebeu em seu gabinete Eduardo Campos (PSB).

Everaldo terá apenas 1 minuto e 8 segundos de tempo eleitoral na TV e já anunciou que irá focar no “desejo de mudança”, que segundo as pesquisas é algo ansiado pela maioria dos brasileiros. Também reforçará a defesa da chamada “família tradicional” (heterossexual) e o “desaparelhamento do Estado”.