MENU

Pastor lança programa para ajudar cristãos a se livrarem da pornografia

Após perder seu ministério, Greg Oliver acredita que falta apoio a quem luta contra isso


Para muitos líderes cristãos, em tempos de internet a pornografia é um grande desafio. Diferentes pesquisas indicam que há um número crescente de pessoas ‘presas’ a essa prática, comparada a um vício.

Greg Oliver, um pastor do Alabama (EUA), perdeu seu ministério em 2009, após seu vício de 17 anos por sexo e pornografia ter sido exposto (saiba como vencer a pornografia). Recentemente, ele e sua esposa Stacey decidiram recomeçar, agora que ele encontrou a cura. Seu desejo é ajudar outros a superar a dependência sexual e suas terríveis consequências.

O casal pastoral iniciou um trabalho que chama de ‘cuidado e recuperação” em março de 2018. Oliver revela que antes que seu segredo fosse exposto, pensava que poderia vencer sozinho seus maus hábitos. Tudo desmoronou no dia em que ele enviou um e-mail pedindo ajuda para um líder que ele achava que podia lhe ajudar. Essa pessoa acabou expondo a situação para toda a igreja.

“Havia uma parte de mim que todo mundo conhecia. Eu era o pastor que cuidava da adoração, liderava o grupo de louvor, ensinando a igreja sobre adoração. Mas outra parte ninguém – nem mesmo minha esposa – via. Eu lutei contra o pecado sexual e vício em pornografia por anos, sem conseguir me livrar”, testemunha.

O pastor acredita que foi “tolice pensar que eu seria capaz de derrotar isso por conta própria, pois foi ficando cada vez pior”. Sua vida dupla afetou o relacionamento que com sua esposa de forma devastadora.

Ele conta que o vício começou na adolescência. “A pornografia ensina lições erradas sobre sexo. Ela ensina que você está no controle e não precisa mostrar-se vulnerável”.

Somente quanto tudo veio à tona, graças ao apoio de bons amigos cristãos e um programa de “desintoxicação”, Oliver e Stacey conseguiram restaurar o que havia sido quebrado e encontraram a cura.

Agora, eles estão divulgando o “Despertar da Recuperação” um programa ministerial que busca ajudar cristãos que enfrentam lutas semelhantes. “Mesmo depois de tudo que passamos, ainda ficamos impressionados com a quantidade de pessoas que já estão nos procurando”, afirmou Stacey. “Sabemos que é difícil alguém sair sozinho. É mais complicado que somente falarmos aos outros que precisam parar. Deus permitiu que passássemos por tudo isso, e vamos continuar falando sobre isso a quem quiser ouvir”, garante. Com informações de Christian Post



Assuntos:


Deixe seu comentário!

Mais notícias