MENU

Pastor pede que cristãos não namorem com incrédulos

A Bíblia é muito clara sobre jugo desigual, alerta Tim Challies


Tim Challies
Tim Challies

O pastor Tim Challies da Grace Fellowship Church em Toronto, Canadá, é autor de vários livros, incluindo “Desintoxicação sexual”, já lançado no Brasil. Ele está fazendo um apelo público para que as igrejas voltem a falar sobre o perigo dos relacionamentos amorosos dos cristãos com pessoas que não compartilham da mesma fé.

O questionamento que ele levanta é: “O que há de errado com o namoro cristão?” Sua própria resposta para isso foi: “A Bíblia deixa muito claro que um cristão só pode se casar com outro cristão. Você não pode se casar com alguém que é incrédulo. Você não deveria se casar com alguém que você não tem certeza se é crente ou não. A primeira coisa a ser perguntada antes de se pensar em um relacionamento é ‘Esta pessoa crê em Jesus Cristo?”.

O pastor lembra que existem alertas na Bíblia para que os cristãos não entrem “em jugo desigual”. “Inevitavelmente, haverá sérias consequências para quem se casar com um incrédulo”, insiste.

Acostumado a fazer aconselhamento, Challies diz que a fé em comum é um elemento fundamental para o estabelecimento de famílias sadias, mas os cristãos estão se deixando levar pela maneira que a sociedade vê os relacionamentos, de maneira superficial. Isso inclui deixar se levar pelas emoções, sem pensar nas consequências.

O maior problema, aponta, é que especialmente os mais jovens, ignoram que não há como se pensar em relacionamentos “sem compromisso”, ignorando que o objetivo do namoro deveria ser conhecer melhor alguém com quem você gostaria de casar. Se esse não é o caso, então as coisas estão erradas desde o início.

O pastor Dan Delzell, colaborou com a discussão, lembrado que “Não existe unidade espiritual entre um crente e um incrédulo. Afinal, um cristão tem o Espírito Santo dentro dele, enquanto um incrédulo não tem essa presença interior… Não existe unidade a não ser que ambos se convertam a Cristo”. Quem também pensa assim é o pastor John Stonestreet. Ele argumenta que “namorar incrédulos prejudica a fé”. Citando o texto de 2 Coríntios 6:14, lembra que o fiel não deveria “ter parte” com o infiel. Com informações de Christian Post



Assuntos:


Deixe sua opinião!