MENU

Pastor é preso por abusar de fiel menor de idade

Ela tinha 15 anos quando foi orientada a manter relações sexuais com o religioso para "se purificar"


Um pastor foi condenado a dois anos e 11 meses de prisão por atentado ao pudor mediante fraude por ter molestado uma fiel menor de idade.

A pena foi decidida pela 4ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo e divulgada pelo Tribunal de Justiça no último sábado (9).

Segundo informações do processo, a vítima tinha 15 anos quando foi abusada sexualmente pelo pastor. Ela frequentava a igreja e, ao confessar seus problemas de relacionamento, foi convencida pelo religioso de que era preciso ser “purificada” através de um ato sexual com ele.

Leia mais

Em duas ocasiões o pastor praticou sexo oral com a jovem, dias depois a vítima gravou a conversa que teve com ele onde era exigido que ela não revelasse a ninguém o que acontecera, pois ele “negaria até a morte”.

A gravação serviu de prova e o relator do processo, o desembargador Ivan Sartori, entendeu que o religioso usou o cargo de confiança e se aproveitou da submissão da jovem para praticar o ato que foi confirmado também através da avaliação psicológica pela qual a vítima passou durante o processo. Com informações Rede TV!



Assuntos: ,


Deixe sua opinião!

shopping