MENU

Pessoas religiosas vivem mais tempo que os ateus, afirma estudo

Cientistas identificam aspectos que contribuem para isso


Oração
Oração.

Pesquisadores identificaram uma correlação entre longevidade e fé. Um estudo do Departamento de Psicologia da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, analisou dados de mil pessoas. A conclusão é que seguir uma religião pode influenciar em muitos aspectos da vida: crenças, relacionamentos, alimentação e até seu tempo de vida.

Os psicólogos identificaram que hábitos como se voluntariar em atividades sociais e a baixa ingestão de álcool também são características de quem vive mais tempo. Todos os resultados foram publicados na revista científica “Social Psychological and Personality Science”, comprovando que os que seguem alguma fé e vão ao templo podem viver até 5,64 anos a mais do que ateus ou os “sem religião”.

Leia mais

“Ainda há muitos benefícios da afiliação religiosa que não conseguimos explicar”, ressalta a líder da equipe, Laura Wallace, doutoranda em psicologia.

O Dr. Baldwin Way, professor de psicologia da Universidade de Ohio e coautor do estudo, acrescenta que, embora os resultados possam irritar ateus, há uma correlação que não pode ser ignorada.

“O estudo fornece evidências persuasivas de que existe uma relação entre a participação religiosa e o tempo de vida de uma pessoa”, disse ele.

O pesquisador destaca que a longevidade dos religiosos não é decorrente apenas por causa da crença, mas às outras atividades promovidas pelos grupos religiosos, que pode ajudar na socialização e no combate à solidão, especialmente na velhice. Com informações Daily Mail



Assuntos: ,


Deixe seu comentário!

Mais notícias