MENU

Partido ligado à Universal cria faculdade para gerar conhecimento político

Faculdade Republicana será inaugurada em Brasília no ano que vem


Faculdade Republicana
Faculdade Republicana. (Foto: iStock)

O Partido Republicano Brasileiro (PRB) tornou-se a primeira entidade político-partidária a receber autorização do Ministério da Educação (MEC) para criar e administrar uma faculdade.

Batizada de “Republicana”, a instituição de ensino oferecerá os cursos de Ciências Políticas (graduação) e Gestão Pública, Direito Eleitoral e Política Contemporânea (pós-graduação). A previsão é que já esteja funcionando em Brasília no primeiro semestre do ano que vem.

Leia mais

Os planos do PRB é que ela seja estendida ao país inteiro nos próximos anos. O presidente nacional da sigla, deputado federal Marcos Pereira (SP), que também é bispo licenciado da Universal, explica que embora pertença ao PRB, a administração da faculdade será realizada pela Fundação Republicana Brasileira. Sua missão é “levar conhecimento político aos cidadãos brasileiros”.

O estudo global Edelman Trust Barometer mostra que o Brasil é o segundo pior país do mundo em termos de interesse pela política. Apenas 40% da população de fato procuram aprender sobre política.

Renato Junqueira, presidente da Fundação Republicana Brasileira, explica que eles pretendem contratar um corpo docente sem vínculos partidários. “O objetivo é formar profissionais, líderes, quem sabe estadistas, que atuem na área política, que contribuam para o Brasil. Não queremos formar militantes”, assegura.

Lembrando que há mais de dez anos a Fundação oferece cursos que abordam assuntos como liderança feminina, política e idiomas, destaca que o foco agora será popularizar os cursos da Faculdade.

Lei dos Partidos

A Lei dos Partidos Políticos determina que as fundações partidárias sejam destinadas “ao estudo e pesquisa, à doutrinação e à educação política”.

O reitor da Republicana atualmente é Joaquim Mauro da Silva,  pastor da IURD  e tesoureiro do PRB. “Nosso partido é a favor do Escola Sem Partido. Nossa faculdade deve ser um campo de debate, não podermos permitir que os pensamentos do PRB possam conduzir nossa faculdade”, diz.



Assuntos: ,


Deixe sua opinião!