Pregadores mirins travam guerra contra os pecadores do mundo

16/09/2011 - 12:36

Pregadores mirins travam guerra contra os pecadores do mundo

Três garotos com idade entre 4 e 13 anos tem suas vidas reveladas no documentário que mostra a fé dessas crianças


No próximo domingo, 18, o canal National Geographic mostrará um programa especial com algumas crianças famosas por pregarem em cultos evangélicos, algumas até conhecidas pelo dom de curar.

No programa “Bastidores: Pregadores Mirins” será mostrado como Tipton, Matheus e Terry, crianças com idades entre 4 e 13 anos usam sua fé para converter pessoas.

Kanon Tipton é filho do pastor Damon Tipton, líder de uma megaigreja em Mississi, nos Estados Unidos. Ele tem apenas 4 anos e não sabe ler, nem escrever, mas apesar disso suas pregações fervorosas atraem multidões e por isso ele é considerado como “o pregador mais jovem do mundo”.

Já Terry Durham é considerado como “o pastor mais jovem do mundo”, com apenas 13 anos ele já viajou por vários países do mundo levando a mensagem de salvação e também de cura. Apesar da pouca idade, ele já foi ordenado a pastor pelo ministério True Gospel Deliverance, uma igreja localizada em Lauderdale, na Flórida.

O terceiro pastor-mirim que aparece no documentário é o brasileiro Matheus Moraes, 12 anos, que pertence ao ministério da Assembleia de Deus Madureira no Rio de Janeiro, ele começou a pregar aos seis anos de idade e em 2006 foi intitulado como Missionário Mirim.

O documentário “Bastidores: Pregadores Mirins” vai ao ar às 22h no canal pago NatGeo.

Com informações F5



Leia mais...

Pastor terá programa de TV onde evangelizará prostitutas

Pastor terá programa de TV onde evangelizará prostitutas

Missionária mirim atrai estrangeiros em busca de milagres

Missionária mirim atrai estrangeiros em busca de milagres

Governo começa a fiscalizar aluguel de TV para a IURD

Governo começa a fiscalizar aluguel de TV para a IURD

Deputada comunista quer limitar programação religiosa na TV

Deputada comunista quer limitar programação religiosa na TV


Comentários