Presidente de Israel diz que perseguição aos cristãos é “mancha na humanidade”

Israel é único país do Oriente Médio que não faz perseguição religiosa


Presidente de Israel diz que perseguição aos cristãos é "mancha na humanidade"

O presidente de Israel Reuven Rivlin disse que a perseguição aos cristãos é “uma mancha na humanidade”. Durante um encontro com o chefe do Patriarcado Latino de Jerusalém, o Patriarca Ortodoxo Grego e outros líderes cristãos, o governante analisou a situação dos cristãos no Oriente Médio.

Rivlin lembrou dos ataques recentes de grupos extremistas como o Estado Islâmico contra os coptas na Península do Sinai, Egito, bem como repetidos ataques na Síria e no Iraque.

“Eu digo a vocês aqui, nossos irmãos cristãos de Jerusalém, estamos com vocês neste momento difícil”, asseverou o presidente. “Todos nós vimos as fotos da Síria. Visitei alguns dos feridos que estavam sendo tratados em hospitais israelenses. O que aconteceu lá com a comunidade cristã – e com todo o país – é uma mancha em toda a humanidade “, sublinhou.

Ele enfatizou que o povo judeu “sabe melhor que qualquer outro o que significa orar com medo, e sofrer com terrorismo”. Fez um juramento que Israel “sempre protegerá sua liberdade de culto, sua segurança e a segurança de seus locais sagrados”.

Acrescentou que “isso continua tão verdadeiro hoje quanto era há quase 70 anos, quando declaramos nossa independência”. Finalizou dizendo que “Dentro das antigas muralhas de Jerusalém, podemos celebrar juntos as nossas religiões, podemos ver as nossas comunidades crescerem e – nas pegadas do passado – construir juntos um futuro compartilhado”.

O administrador Apostólico do Patriarcado, Pierbattista Pizzaballa, comemorou as declarações de Rivlin, dizendo: “Agradecemos sua solidariedade e palavras claras para com os cristãos”.

O Patriarca Ortodoxo Grego Teófilos III observou que “no mundo atual, cheio de confusão e perigo, a Terra Santa é o único lugar onde as pessoas podem se refugiar. Isso ficou claro nestes dias santos [Páscoa] quando recebemos milhares de peregrinos vindos do Oriente e do Ocidente”.

Israel é o único país do Oriente Médio onde não há perseguição aos cristãos. Com informações United with Israel




Deixe seu comentário!