Programas religiosos dão mais audiência que Carnaval

Pela primeira vez, os índices mostram religião interessa mais ao brasileiro que a “festa da carne”


Programas religiosos dão mais audiência que Carnaval

A Folha de São Paulo anunciou que a Rede Record marcou 14 pontos, contra 13 da Globo até as 0h40 da segunda-feira (20). A vitória da emissora de Edir Macedo ocorreu com a transmissão de um “resumo especial” dos primeiros episódios da minissérie “Rei Davi”.

A vitória na audiência mostrou o acerto dos diretores da emissora que tem ligação direta com a Igreja Universal do Reino de Deus. Trata-se de um fato inédito na TV brasileira.

Hoje, foram divulgados que os investimentos de SBT e Band para transmitir o Carnaval não mudaram muito a audiência tradicional das duas emissoras.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Na noite de sexta-feira (17), entre 1h45 e 3h28 da manhã, o Carnaval da Bahia, programa da Band, marcou apenas 0,5 ponto de audiência. A Record, no mesmo horário, registrou 1,3 ponto de ibope Segundo o Ibope, cada ponto equivale a 58 mil domicílios na Grande São Paulo.

O SBT, durante sua cobertura do Carnaval entre as 20h30 do sábado (18) e as 6h30 do omingo (19), alcançou apenas 1,3 ponto. No mesmo horário, a Record, marcou 5,4 pontos.

Ou seja, os programas religiosos exibidos na Record, especialmente o programa da Igreja Universal, “Fala que Eu te Escuto”, tiveram pela primeira vez mais audiência que as folias de Carnaval exibidas na Band e no SBT.

Na madrugada de domingo para segunda (20), SBT e Band perderam novamente da Record, que venceu ficou em primeiro lugar com a minissérie bíblica, passando o Carnaval da Globo. A história do rei Davi conseguiu liderar o horário enquanto a Rede Globo estava transmitindo o Carnaval. Possivelmente este seja um reflexo do crescimento do público evangélicos, que geralmente não participa da “Festa da Carne”.

Com informações Folha de SP




Deixe seu comentário!