Projeto Mãos Abençoadas ensina costura e artesanato

Missão leva cursos manuais a Botsuana


Projeto Mãos Abençoadas ensina costura e artesanato

O Botsuana, um dos países mais economicamente e politicamente estáveis do sul da África, está recebendo várias iniciativas em termos de missões de cunho cristão junto a população.

Uma dessas iniciativas é o projeto evangelístico Blessed Hands que, em português, se chama Mãos Abençoadas. O programa visa trazer atividades manuais como corte, costura, artesanato, à população que deseja aprender.

De acordo com a Junta de Missões Mundiais, o país também tem recebido cursos de capacitação de líderes, uma maior participação das mulheres e também mais pregações por evangelistas.

A ideia surgiu em uma igreja local, mas já alcançou destaque nacional por uma premiação ocorrida em um evento sediado em Gaborne, a capital do país. Com isso, o projeto acabou se espalhando em outras igrejas.

A coordenadora do projeto, a missionária Edna Carmona, participou em julho da conferência anual das mulheres batistas, no município de Sebina. Ela conta boas histórias de sua participação.

“A participação foi coroada de sucesso, e muitas igrejas estão nos solicitando o início do programa em suas comunidades também”, afirma Edna. De acordo com a junta, seu trabalho é desenvolvido junto com o marido, que é pastor, e também pela filha do casal.

Neste mês, os três estarão em uma conferência de mulheres batistas da África, sediado desta vez em Zâmbia, país vizinho de Botsuana. “Ore por nossa viagem de carro, mais de três mil quilômetros ida e volta, e pela boa participação do Blessed Hands”, disse a missionária.

Outro pedido feito, desta vez pelo Pr. Roberto Carmona, esposo da missionária, é de financiadores para custear o Seminário Batista, que é frequentado por jovens de baixa renda em Botsuana.

“Rogamos sua oração e participação com uma oferta especial para que possamos alcançar o alvo para o registro anual do Seminário Batista referente a 2018. Cremos que essa obra é do Senhor e que ele levantará os mantenedores para isso. Seja a voz em sua igreja e associação, junto a seu pastor em prol desse alvo”, afirmou.




Deixe seu comentário!