Reinaldo Azevedo lembra que Marcos Pereira e José Junior eram amigos

Não se sabe o motivo da briga, mas desde então o coordenador do AfroReggae passou a acusar o pastor de uma série de crimes


Reinaldo Azevedo lembra que Marcos Pereira e José Junior eram amigos

Em um artigo postado em seu blog no site da revista Veja, o jornalista Reinaldo Azevedo divulga um vídeo onde José Junior, coordenador do AfroReggae, elogia os trabalhos do pastor Marcos Pereira, líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias.

O jornalista também comenta sobre o preconceito que a imprensa tem com os evangélicos, e fala ainda sobre a devoção que a mesma tem com os trabalhos do AfroReggae.

Para Reinaldo esse seria o motivo para que a prisão de Marcos Pereira tenha tido tanto destaque na imprensa. “José Júnior, na imprensa, é considerado um ‘ativista social’, acima do bem e do mal, e os evangélicos são vítimas do tal preconceito”, diz.

A briga entre José Junior e Marcos Pereira teria sido o grande motivo para que o coordenador do AfroReggae fosse à imprensa denunciar o pastor. “Até hoje, não se sabe direito por que José Júnior e Pereira brigaram. Sei que já havia uma penca de acusações contra o pastor quando faziam trabalho juntos. O rompimento, depois, foi estrepitoso”, escreve Reinaldo Azevedo.

No início do texto ele deixa claro que não defende o pastor e deseja que, se ele realmente for culpado, que permaneça na cadeia. Porém ele não acha justo que todos os evangélicos sejam taxados.

“Se cometeu os crimes de que é acusado, que fique 800 anos na cadeia. O que sei é que evangélicos não são estupradores ou tendentes ao estupro, assim como católicos não são pedófilos ou tendentes à pedofilia.”

Assista:




Deixe seu comentário!