Rússia lança ataques aéreos na Síria contra o Estado Islâmico

Os aviões foram pilotados por militares sírios com o objetivo de atingir os pontos estratégicos do grupo terrorista


Rússia lança ataques aéreos contra o EI

Nesta quarta-feira (30) a Rússia realizou alguns ataques aéreos na Síria para tentar atingir o grupo terrorista Estado Islâmico. O Parlamento autorizou a ação das tropas russas no país tendo como alvos pontos estratégicos como espaços com equipamentos militares, comunicações e depósitos de armas, munição e combustível.

Segundo o Ministério de Defesa, pelo menos oito alvos foram destruídos e um vídeo divulgado pelo órgão mostra como os ataques aconteceram.  “Nossos aviões atacaram oito alvos. Todos foram totalmente destruídos, em particular um posto de comando”, afirma a defesa russa.



Os aviões da Rússia usados na operação foram pilotados por militares sírios e segundo um responsável do Ministério da Defesa russo, Yuri Yakubov – citado pela Interfax, os ataques aconteceram de acordo com as forças sírias e contaram com a ajuda do centro de coordenação antiterrorista de Bagdá.

“Nossos aviões efetuaram uma operação aérea e golpearam com precisão alvos em terra dos terroristas do grupo Estado Islâmico na Síria”, declarou o general Igor Konashenkov, porta-voz do ministério da Defesa.

O órgão russo deixou claro que as áreas de civis não foram alvos dos ataques.



Mas a força dada pela Rússia está longe de ser um apoio aos Estados Unidos, pois Moscou apoia o presidente sírio Bashar al-Assad enquanto que as forças ocidentais dão apoio aos grupos rebeldes que são contrários ao presidente. De comum entre as duas forças temos apenas o combate contra o Estado Islâmico.




Deixe seu comentário!