Samuel Câmara oficializa desligamento da CGADB e forma nova convenção

Estima-se que até 25 mil pastores possam acompanhar os irmãos Câmara no “racha”


Câmara oficializa desligamento da CGADB

O que vinha sendo aventado como apenas uma possibilidade acabou se confirmando perto do meio-dia de hoje (6/11). Conforme protocolo entregue na sede da CGADB, no Rio de Janeiro, o pastor Samuel Câmara está se desligando oficialmente da entidade.

No documento tornado público pelo próprio Samuel em seu site, esse desligamento é somente com a Convenção Geral e não com o pastorado da Assembleia de Deus em Belém, a chamada “Igreja Mãe”.

Chama atenção que o documento foi redigido e assinado em 31 de outubro, dia da Reforma. A data também coincide com o aniversário do pastor.

Protocolo CGADB - Samuel Câmara
Protocolo CGADB – Samuel Câmara

Samuel Câmara diz que “seguirá ativo no trabalho incessante para dar crescimento à obra de Deus, ao lado de pastores assembleianos de todo o Brasil em um novo movimento que vem trazer avanços, dinamismo e resgate Histórico da Assembleia de Deus”.

A nova denominação, da qual ele é um dos líderes terá o nome de Convenção da Assembleia de Deus do Brasil (CADB). Sem revelar números, o site afirma que o projeto “já nasce frutífero e abençoado com inúmeros pastores, ministérios e convenções que se unem para fazer um Assembleia de Deus mais forte”.

No domingo (5), o pastor Jonatas Câmara, irmão de Samuel e pastor da Assembleia de Deus de Manaus, também anunciou seu desligamento da CGADB.

Estima-se que até 25 mil pastores poderão acompanhar os irmãos Câmara na formação da CADB, que representa uma gigantesca ruptura na maior denominação evangélica do país.




Deixe seu comentário!