MENU

Malafaia chama Folha de São Paulo de fake news: “Cabo eleitoral do Haddad”

"Acabou o monopólio da informação", afirma pastor.


Pastor Silas Malafaia
Pastor Silas Malafaia. (Foto: Reprodução / Youtube)

O pastor Silas Malafaia, da igreja Vitória em Cristo, no Rio de Janeiro, veio a público denunciar o que chama de “jornalismo bandido, vagabundo, parcial e inescrupuloso” do jornal Folha de São Paulo.

Em uma matéria publicada ontem, o periódico afirmou que “Malafaia ensina fiéis a identificar fake News” e o chamou  de “cabo eleitoral de Bolsonaro”. Durante o culto, o pastor instruiu os fiéis sobre como identificar fake news, notícias falsas, que estão no centro do debate eleitoral desde que a Folha acusou Bolsonaro de estar impulsionando esse tipo de conteúdo ilegalmente.

Leia mais

“Tudo que você ouvir nas redes sociais, na imprensa… Número um, duvidar. Número dois, criticar, analisar o que está ouvindo. Número três, determinar, não aceito nada, aceito tudo, aceito parte. Se fizer as três coisas vai parar de ficar replicando fake news de graça”, afirmou o pastor.

Contrariando o teor da reportagem, Malafaia publicou um vídeo em suas redes sociais hoje mostrando que houve uma tentativa de manipulação e que atribuíram a ele coisas que não falou durante o culto.

Para comprovar o que dizia, sugeriu que as pessoas assistissem à celebração de ontem, disponível on-line e a comparassem com o que escreveu a Folha de São Paulo.

O líder da Vitória em Cristo mostrou uma filmagem feita por um fiel, mostrando o que ele disse aos repórteres após o término do culto. Em dado momento ele critica a postura da Folha e lembra que o jornal publicou material tentando atribuir a Jair Bolsonaro enriquecimento além de seus ganhos

“Reuniram o patrimônio de todos os filhos dele para dar essa impressão. Manda a Folha juntar o patrimônio da família do Lula”, acusou Malafaia. Rebatendo a alcunha que recebeu ontem, classificou o jornal de “cabo eleitoral de Haddad”.

Visivelmente contrariado pelo tipo de cobertura política que tem sido feita no país, disparou: “Grande parte da imprensa brasileira tem preferência pelo PT, é esquerdopata, apoia Haddad e denegri de tudo que é forma o Bolsonaro. Acabou o monopólio da informação. As redes sociais denunciam… A imprensa em grande parte, sempre foi responsável por fake news. Mentem descaradamente”.

Assista!



Assuntos: , , , , ,


Deixe sua opinião!

shopping