Temer recebe Duque em Brasília: “O que o Brasil mais precisa é de orações”

Apóstolo divulgou vídeo da visita nas redes sociais


Michel Temer e Agenor Duque
Michel Temer e Agenor Duque

Quando o presidente Michel Temer assumiu a presidência, uma de suas primeiras atitudes foi reunir-se com pastores e um padre em seu gabinete para receber orações. Ele pedia sabedoria e dizia que desejava mudanças no país.

Cerca de dois anos depois e uma série de escândalos de corrupção e amargando altos índices de rejeição, Temer recebeu novamente um pastor para orar com ele. Ele fez questão de visitar vários líderes evangélicos nas últimas semanas, para pedir apoio para a Reforma da Previdência.

O diferencial desta vez é que foram publicadas imagens da visita. Estavam na sala o apóstolo Agenor Duque, da Igreja Plenitude do Trono de Deus, acompanhado pela esposa bispa Ingrid e do deputado federal Jorge Tadeu (DEM/SP), ligado à igreja.

No vídeo curto, publicado no Instagram, Duque e a esposa levam uma Bíblia para o presidente. O apóstolo lembrou que uma das primeiras decisões de Dilma Rousseff ao assumir a presidência foi retirar a Bíblia e o crucifixo que ficavam no gabinete presidencial.

Simbolicamente, Duque devolveu a Bíblia à sala do presidente.

A postura de Temer foi receptiva. Além de dizer que poderia visitar a igreja, ressaltou que era “uma bênção” receber aquela visita e declarou: “O que mais o Brasil precisa hoje é precisamente de orações”.

Assista:




Deixe seu comentário!