MENU

Teólogo alerta que microchip pode ser preparação para marca da besta

Milhares de pessoas estão aderindo aos chips na Europa


Implantação de chip
Implantação de chip na República Checa.

Milhares de pessoas em toda a Europa estão colocando microchips em seus corpos espontaneamente, chamados de biochips. Segundo um relatório sobre a tendência, elas fazem isso porque “têm uma grande fé nos processos digitais e no potencial positivo da tecnologia”.

O país com mais pessoas realizando implantes é a Suécia, onde cerca de 3.500 usuários adotaram o biohacking, que usa tecnologia integrada ao corpo.

Para alguns usuários, o chip está substituindo, ao mesmo tempo, a carteira de identidade, o cartão de crédito, o bilhete do metrô e as senhas do computador e do celular. Alguns modelos permitem, inclusive, abrir a porta do carro ou da casa.

Leia mais

Segundo o levantamento, os suecos são mais propensos a compartilhar dados pessoais “devido à forma como o sistema sueco de previdência social está estruturado”. Além disso, os cidadãos do país estão acostumados com inovações tecnológicas. Empresas como a Skype ou Spotify foram fundadas no país e hoje são amplamente usadas em todo o mundo.

Além disso, o movimento transumanista, surgido em 1998, vem incentivando os europeus, e suecos em particular, a deixaram a tecnologia “melhorar seus corpos biológicos”. Eles advogam o uso dos biochips, pequenos dispositivos de silício do tamanho de um grão de arroz.

Eles funcionam com a tecnologia NFC, que permite envio de informações sem fio a uma pequena distância. Também existem chips com a tecnologia RFID, por identificação de frequências de rádio.

Teólogo faz alerta

Com a popularização dos modelos de biochip e o visível aumento da procura, o teólogo David Jeremiah diz que isso pode ser a preparação para que as pessoas se acostumem com a “marca da besta”. Embora não acredite que é sua ‘forma final’, ele entende que a familiarização com esse tipo de coisa é sintomática, algo que seria impensável 50 anos atrás.

Jeremiah é autor de vários livros como “Atores do Apocalipse”, onde afirma que “durante a Tribulação, todas as pessoas da Terra serão obrigadas a receber uma marca”. Segundo destaca, “em Apocalipse 13 vemos que a besta da terra – o falso profeta – introduzirá essa marca que poderá ser algo com funções similares ao chip”.

“A marca será colocada na mão direita ou na testa. Sem ela ninguém poderá comprar nem vender, aqueles que se recusarem a aceitá-la poderão morrer de fome”, destaca. Com informações de WND e Business Insider

 




Deixe seu comentário!


Mais notícias