UFC 185: Jesus disse que eu venceria, diz Rafael dos Anjos

Novo campeão dos pesos-leves do Ultimate Fighting Championship glorifica a Deus por cinturão


Jesus disse que eu venceria, diz Rafael dos Anjos

O lutador Rafael dos Anjos foi o grande vencedor do UFC 185 derrotando Anthony Pettis. A vitória lhe garantiu o título que nunca foi dado a um não americano, mas ao que parece o brasileiro já estava ciente que seria vitorioso.

“Meu salvador, Jesus, é incrível, e eu sabia que venceria a luta, ele me disse isso”, afirmou o lutador de MMA ainda no octógono. “É uma bênção tão incrível chegar à luta pelo cinturão e vencer!”, declarou.



Aos 30 anos, Rafael está em uma ótima fase da carreira e alcançou sua 24ª vitória em 31 lutas. Seus golpes lhe garantiram nove vitórias nas últimas dez lutas, o que tem feito com que ele se destaque no cenário.

Nascido em Niterói (RJ), o novo campeão do UFC peso leve não é o primeiro lutador a mesclar os combates com a fé. Nomes como Erick Silva, Vitor Belfort e outros também declaram que suas vitórias foram bênçãos de Deus e fazem questão de falar de fé no octógono.

O assunto é bastante polêmico e já foi debatido por pastores em reportagens do Gospel Prime. Uma delas reportagens fala da posição do bispo Walter McAlister que não acredita que esta prática esportiva seja compatível com os valores cristãos.



“Creio que qualquer prazer que você tire da violência alheia é algo que não acha abrigo nos valores cristãos. Não concordo com isso”, disse o líder da Igreja Nova Vida.

Apesar de opiniões como a dele ser comum no meio evangélico, encontramos igrejas que abrem suas portas para que treinos e até campeonatos de MMA sejam feitos. Entre essas igrejas temos a Igreja Renascer em Cristo de São Paulo, uma Igreja Presbiteriana em Sorocaba e ainda o ministério Verbo da Vida no Rio de Janeiro.




Deixe seu comentário!