MENU

Vaticano em alerta por causa da queda do catolicismo no Brasil

Secularização e aumento de igrejas evangélicas são as principais causas do declínio da Igreja Católica


Os dados recentes divulgados pela Fundação Getúlio Vargas deixaram a Igreja Católica em estado de alerta, pois há 30 anos os católicos representavam 90% da população brasileira, mas agora esse número é de 68%, o menor índice desde 1872.

O Brasil, que era o maior país católico do mundo, está cada vez mais rompendo relações com o Vaticano que já começa a se preocupar com a queda de fiéis, e afirma que as principais causas dessa perda são o aumento do secularismo e o surgimento cada vez maior de igrejas evangélicas.

Leia mais

Como as pesquisas apontam que os fiéis mais jovens estão se afastando da Igreja Católica, a Santa Sé escolheu a cidade do Rio de Janeiro para sediar a próxima Jornada Mundial da Juventude e assim estimular a participação dos jovens católicos da América do Sul.

Os documentos revelados pelo Wikileaks mostravam a preocupação da Santa Sé diante do crescimento das igrejas evangélicas no Brasil e em determinado momento do texto o Vaticano diz que o Brasil e a América Latina devem ser considerados como uma “terra de missão” e que o trabalho de evangelismo tem que “recomeçar do zero”.

Além disso, o Vaticano também mostra preocupação em relação ao preparo dos padres brasileiros, principalmente no que se refere ao celibato, por isso “o clero deve ser novamente formado”, dizia o texto.



Assuntos: ,


Deixe seu comentário!


Mais notícias