Filme “A inocência dos muçulmanos” chama islã de “câncer”

Filme que provoca manifestações anti-EUA mostra Maomé caricato


Filme anti-islã gera protestos em diversos países muçulmanos

Um filme que relata o Islã como um “câncer” tem gerado diversos protestos contra os Estados Unidos no Egito, na Líbia e em outros países muçulmanos. O longa intitulado de “Innocence of Muslims” (“A inocência dos muçulmanos”) mostra Maomé caricato causando ainda mais revolta entre os fiéis.

A obra foi produzida por Sam Bacile, 54 anos, um israelense-americano nativo do estado da Califórnia. Para o cineasta o Islã é “uma religião do ódio” e sua opinião está fortemente retratada no filme.

Na Líbia um dos protestos anti-americanos resultou na morte do embaixador dos Estados Unidos, Chris Stevens, quando na noite da última terça-feira (11) homens armados invadiram o consulado matando também outros três americanos.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Cena de “A inocência dos muçulmanos”.

Os protestos assustam as embaixadas americanas no Oriente Médio. No Cairo uma nova manifestação aconteceu nesta quarta-feira (12) e o governo passa a reforçar a segurança em Nova Iorque temendo que ataques como os de 11 de setembro de 2001 voltem a acontecer.

Assista reportagem da Globo:
[globo code=”2134885″]

Assistir o filme “A Inocência dos Muçulmanos”:




Deixe seu comentário!