MENU

Malafaia diz que é “apoiador intransigente, mas não subalterno” de Bolsonaro

"Não tem uma ala evangélica disputando poder no governo Bolsonaro", garante Malafaia


Silas Malafaia
Silas Malafaia. (Foto: Reprodução / Facebook)

O pastor Silas Malafaia deu uma longa entrevista ao programa do jornalista Mario Sérgio Conti, na Globo News nesta quinta-feira (29). O líder do ministério Vitória em Cristo analisou as indicações do presidente eleito Jair Bolsonaro e lamentou que o senador Magno Malta (PR/ES) não tenha sido indicado para um ministério.

Ele acredita que houve “ingratidão” de Bolsonaro (PSL). “Magno Malta foi o primeiro camarada a acreditar em Bolsonaro e viajou o Brasil inteiro para ajudá-lo. Magno foi um guerreiro. Ele que me convenceu a apoiar Bolsonaro”, revelou.

Leia mais

Malafaia também assegurou que não irá poupar críticas ao futuro mandatário da nação, caso julgue ser necessário. “Sou um apoiador intransigente de Bolsonaro, mas não sou subalterno dele. Também não sou obrigado a concordar com tudo o que ele fala. Eu sou um ser inteligente e toda unanimidade é burra”, declarou.

O influente líder religioso também frisou que é independente. “Eu não tenho nada que ver as posições da Frente Parlamentar Evangélica. Eu não sou deputado, lá é outro papo.”

Avaliando o quadro de ministros e as muitas especulações da imprensa sobre o intricado equilíbrio de forças, Malafaia, que é próximo à família Bolsonaro, assegura que “tem uma ala dos evangélicos disputando poder”.

“Eu acredito mais que tem os militares, os filhos e a área econômica [na disputa]. Na equipe dele tem esses três grupos, mas não tem os evangélicos”, explica.

Questionado por Conti sobre a lista tríplice apresentada pela bancada evangélica a Bolsonaro pela Frente Parlamentar Evangélica, o pastor lembra que as sugestões ainda podem ser acatadas pelo próximo presidente. “Ainda não fechou o ministério. Ainda não acabaram as nomeações. Era para o ministério da Cidadania, mas eles não colocaram uma faca no pescoço dele. Foi ele que pediu [os nomes]”, destacou.

Assista!



Assuntos: , ,


Deixe sua opinião!