Voluntários da IURD promovem almoço para famílias de internos da Fundação Casa

Além da refeição, o encontro busca orientar os visitantes com uma palavra de fé e esperança.


Voluntários da IURD promovem almoço para famílias de internos

Os jovens internos da Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente) não estão desamparados. A Igreja Universal do Reino de Deus há 20 anos vem realizando um trabalho de assistência espiritual e social na antiga Febem, em São Paulo.

Os voluntários da igreja oferecem apoio às famílias dos internos. Todo primeiro domingo de cada mês elas podem se confraternizar em um almoço.

O dia de visitas é o meio que os voluntários encontraram para convidar as pessoas a estarem no almoço, que além da refeição, busca orientar os visitantes com uma palavra de fé e esperança.


  Psicólogo ajuda cristãos a vencer o vício da pornografia


Em cada evento se reúnem cerca de 40 familiares, oportunidade que a igreja realiza doações de roupas, calçados e livros. As pessoas ainda podem aliviar a tensão e o estresse do dia com apresentações de peças teatrais e música ao vivo.

Essa atividade é realizada no bairro do Brás, região central da capital paulista, na rua Carlos Botelho, 303. Pela proximidade, as unidades beneficiadas são a de Vila Maria e Brás.

No encerramento do encontro, o pastor Ulisses Gomes, responsável pelo trabalho de evangelização na Fundação Casa, realiza uma oração e fala da importância da família na recuperação do jovem e do adolescente.

Universal tem forte atuação em sistemas prisionais

No dia 8 de março a Universal inaugurou um templo na Penitenciária Feminina de Sant’Ana. Dezenas de reclusas participaram do evento, no pavilhão 1 do presídio, localizado no bairro do Carandiru, zona norte da capital paulista. Conforme o bispo Eduardo Guilherme, responsável pelo trabalho de evangelização do grupo Universal nos Presídios (UNP) em todo o país, a igreja terá o objetivo de contribuir com o trabalho que o presídio já realiza, a ressocialização das presas.

As inaugurações não pararam. Nesta segunda-feira (20) foram abertos dois novos templos nos presídios do Rio de Janeiro: Um na Cadeia Pública Joaquim Ferreira e o outro no Instituto Penal Plácido de Sá Carvalho, ambos pertencem ao Complexo de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste.




Deixe seu comentário!