“Soldado de Deus” vence brasileiro no UFC e pede: “Voltem para Jesus”

Yoel Romero recebeu críticas por declaração após luta contra Lyoto Machida


Yoel Romero vence no UFC e pede: "Voltem para Jesus"

O lutador cubano Yoel Romero venceu o combate do UFC no último sábado, nocauteando o brasileiro Lyoto Machida no terceiro round. Apelidado de “Soldado de Deus”, o atleta seguidamente fala sobre sua fé. Isso não é novidade no mundo do MMA, mas o que ele fez depois da luta é que chamou mais atenção da mídia.

Diferentemente do Brasil – onde um atleta que demonstra sua fé recebe críticas – Romero posou para fotos e deu entrevista com as palavras “João 3:16” numa faixa. Antes da luta, afirmou “Deus tem o controle absoluto de minha vida. Eu espero realizar meu sonho e me tornar campeão”. Contudo, ao tocar na questão da legalização do casamento gay, gerou muita polêmica.



Enquanto muita gente em todo o mundo comemora a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos que aprovou a garantia ao direito ao casamento a casais homossexuais, Romero mostrou fortes convicções.

Yoel Romero e a faixa de João 3:16.
Yoel Romero e a faixa de João 3:16.

“Escutem, pessoas! O que aconteceu com você, EUA? O que aconteceu com você? O que está acontecendo? Você esqueceu o melhor dos melhores do mundo, o nome de Jesus Cristo? O que aconteceu com você? Acorde, EUA! Volte a ele, volte! Vá para Jesus! Não se esqueçam de Jesus, povo!”, disse ele ainda no octógono.

Devido ao seu forte sotaque, quando ele disse a frase “No forget Jesus” [não se esqueçam de Jesus], isso foi compreendida por muitos como “No for gay Jesus” [não para um Jesus gay].



Aparentemente, a declaração rendeu algum tipo de pressão da organização do UFC. Na coletiva, ele tentou explicar. “Quero me desculpar se houve algum mal-entendido. Sou um homem de Deus, e Deus é amor. Minhas expressões sempre vão ser sobre amor…  O que eu quis dizer era: EUA, muito obrigado por me dar o sonho americano! Não há melhor país do que esse… Esse país foi feito por pessoas cristãs e é abençoado por Deus “, ressaltou. Com informações de UFC e Blood Yelbow

Assista (em inglês):






Deixe seu comentário!