Yousef Nadarkhani é acusado novamente

Ele tem até o domingo para pagar fiança de 33 mil dólares ou será preso novamente


Yousef Nadarkhani é acusado novamente

No último dia 24 o pastor Yousef Nadarkhani foi convocado pelo Tribunal Revolucionário do Irã, na cidade de Rasht, para responder pelas acusações de atividades sionistas e por evangelizar muçulmanos.

Até o próximo domingo (31), Nadarkhani tem que pagar uma fiança de 33 mil dólares se não quiser ser preso.

Mas desde maio deste ano ele e sua esposa, Tina Pasandide Nadarkhani, estão sob acusações. Outros três cristãos também foram presos e liberados mediante o pagamento de fiança, mas Nadarkhani ainda precisa pagar a sua parte para não ser preso.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


O pastor iraniano ficou preso por três anos, chegando a ser condenado à morte. Ele chegou a ser coagido a renunciar sua fé em Cristo, mas se negou dizendo que não poderia se arrepender de ter aceito Jesus.

Os juízes, por diversas vezes, tentaram fazer com que ele aceitasse a religião de seus antepassados, no caso, o Islã.

Foram anos de tentativas na Justiça para revogar a sentença de morte. Autoridades internacionais se pronunciaram sobre o caso e ONGs de direitos religiosos foram importantíssimas para trazer informações, assim como o ministério Portas Abertas que tem acompanhado esse novo caso.




Deixe seu comentário!