Zorra Total causa revolta em evangélicos por fazer sátira com adventistas

O programa inventou uma igreja onde o pastor fazia exorcismo e pedia ofertas de valores exorbitantes


Evangélicos se revoltam contra Zorra Total por sátira a igreja

Mais uma vez um programa de humor revoltou os telespectadores evangélicos. Dessa vez foi um quadro do programa “Zorra Total” que exibiu uma sátira das igrejas evangélicas no último sábado (18), causando revolta nas redes sociais.

O humorístico mostrou um falso pastor que realizou uma sessão de descarrego e ainda pediu dízimos altos aos fiéis. O nome da igreja fictícia também desagradou os telespectadores: Igreja Admilsista do Sétimo Dígito, fazendo referências à Igreja Adventista do Sétimo Dia misturando com o nome do “pastor”, chamado Admilson (Rodrigo Sant’anna).

“O Zorra Total é um programa tão imbecil que seus quadros só raramente causam alguma repercussão, e mesmo quando o fazem é por causa de polêmicas que rebaixam ainda mais a ‘reputação’ que o programa tem”, disse o teólogo Gilberto Theiss, da Igreja Adventista do Sétimo Dia, em seu blog.

Outro adventista que se incomodou com o programa foi o mestre em Teologia Michelson Borges, que considerou a apresentação como blasfêmia e desrespeito com os adventistas. “Usaram dezenas de vezes as palavras ‘aleluia’ e ‘glória’, em meio ao puro deboche, pronunciadas por personagens ridículos”.

Pelo Twitter também houve manifestações negativas sobre o Zorra Total. Um internauta escreveu: “Globo, sabemos que vocês não precisam apelar para o ‘humor’. O que passou ontem no Zorra Total foi uma ofensa para milhões”.

Outro foi além, e se mostrou muito ofendido com o que viu na TV. “Sinto-me profundamente ofendido com um quadro no Zorra Total que vocês zombam dos evangélicos, principalmente dos adventistas”.

Em nota a Rede Globo afirmou que o objetivo do programa é “entreter e divertir”, negando preconceito com os evangélicos. “A Globo respeita a diversidade e repudia qualquer preconceito. O Admílson é claramente um personagem cômico que se coloca em variadas situações, tendo sempre o humor como pano de fundo”, diz o texto.

O último caso polêmico entre a emissora carioca e os evangélicos também partiu do programa “Zorra Total” quando foi apresentado o quadro “Crents”, uma paródia com o famoso seriado Friends. Na trama os personagens cantaram uma música que dizia “Pago o dízimo, 10% para o pastor”. Com informações Notícias da TV




Deixe seu comentário!